Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

24
Out18

Cabrito frito com arroz de fumeiro

JP

Os fritos não estão na moda, já foram excomungados pelas novas religiões. Dizer "vamos comer uns fritos" em alguns meios é um “vamos pinar” gritado a meio da missa.

cabr.jpg

Comer não é pecado se for para assegurar uma alimentação saudável. Comer fritos é fazer sexo sem protecção todas as semanas com várias parceiras e algumas delas casadas com amigos. Os fritos simbolizam a ausência de auto-controlo, de disciplina, de elevação do pensamento, a falta de um simples esboço em guardanapo de uma moral. Na sociedade ocidental, a casta dos fritos está na sub-cave da hierarquia social.

Uma mulher que se deixa seduzir pelos fritos, arriscando-se a perder o direito social a usar vestidos, não é digna de piedade nem respeito, terá o que merece.

Cada um abdica do que quer e eu quero tirar a barriga de misérias sem fritos para encarar com uma serenidade zen os primeiros dias dos próximos quatriliões de anos que o universo seguramente nos reserva.

Cabrito frito: confesso que estou a descobrir que há muita mais coisas que podem ser fritas do que aquelas que eu conhecia. Lembram-se daquele cliché da vizinha casada, extremamente religiosa, com quem um dia se acaba a fazer contorcionismo ao lado da fotografia dos filhos e da imagem da virgem? Foi assim que me senti com o cabrito frito. Quem diria, o cabrito, sempre tão bom e bem casado com batatas no forno, acabarmos aqui à mesa, desta forma tão saborosa.

E acompanhado de arroz de fumeiro, que é tudo menos acompanhamento, é prato principal, é cabeça de casal, é encarregado, é prato líder em qualquer mesa. Mas isso fica para outra altura.

Não vou dizer onde é porque já estou farto de facilitar a vida aos outros.

arro.jpg