Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

11
Dez17

Fechar restaurantes e aumentar preços

JP

A ideia é boa e tudo indica que resultará. Reduzir o número de restaurantes, subir os preços, aumentar a qualidade, pagar melhores salários, impulsionar o consumo responsável, acabar com o défice, investir em educação e justiça, apurar a espécie, cada vez mais culta, com colesterol controlado e tensões arteriais impecáveis.
É conhecida como a “Lei da Oferta e da Procura aqui entre amigos, só de malta inteligente, ponderada, de bom gosto e altruísta”. E até podemos aplicar a muitas outras áreas. Por exemplo, no sistema de saúde.
Os serviços têm-se degradado, os salários de profissionais como os enfermeiros são cada vez mais baixos, há um excesso de idas às urgências, por isso, nada como fechar alguns hospitais, concentrando-se o investimento em alguns poucos, mas muito, muito bons. Provavelmente, teríamos o primeiro sistema de saúde com três estrelas no Guia Michelin.
E em Portugal temos um passado de sucesso com mercados com poucos players e altamente monopolizados, a qualidade nunca pára de aumentar. Até enjoa.

Não é que não faça sentido e nós até temos uma lista secreta de restaurantes que queremos ver fechados. Esta lista está guardada num cofre dos Chispes e todos os elementos da equipa têm instruções para em caso de guerra, revolução, caos generalizado provocado por queda de cometa, tsunami ou vírus mortais avançarmos para vandalização e destruição desses esboços de restaurante.
Exceptuando este pequeno ponto de discórdia, Miguel Laffan diz muitas coisas acertadas.

 

Devíamos diminuir os restaurantes e aumentar os preços