Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

08
Nov09

Éclair, éclair e a vida sorri

Convidado

Após um dia de trabalho árduo ou monótono (ainda mais cansativo), há quem procure descansar e outros que buscam pequenos prazeres. Eu incluo-me, na maioria das vezes, neste último grupo que anseia pelo que é doce na vida. Saborear um éclair au café, no Café do Continente, em Braga, é um desses deleites de final de tarde, a um preço acessível a qualquer bolsa.

Mas, se quisermos ocultar dos demais este prazer e evitar potenciais constrangimentos, este não é o sítio adequado, dado o elevado número de pessoas que por ali passam. No outro dia, fui apanhada com um éclair na boca, por um casal amigo que se aproximou de mim, totalmente absorta no deleitoso doce que entrava em contacto com o meu palato, e me apanhou desprevenida, rindo: “Que expressão de felicidade. Viemos interromper.” Um acto não consumado na sua plenitude. Tentei retomar, de imediato, após a sua saída, mas surpreendentemente apareceu outro casal amigo que também ia às compras e logo pensei: “Já não vou conseguir dar a minha última dentada. Outro coito interrompido”. Desta vez, um pouco mais constrangida, quase a desculpar-me do ‘pecado’ cometido, lá fui dizendo: “Adoro éclair de café, tipo francês, e sempre que aqui venho não consigo resistir-lhe”.

A vida é pincelada de episódios doces e amargos, pelo que opto por saborear os bons com intensidade, sem distracções de qualquer ordem, procurando repeti-los, vezes sem conta.

5 comentários

Comentar post