Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

16
Set09

O palito na mesa portuguesa

Convidado

No final de uma refeição farta, como um bom bacalhau ou um assado, seja num restaurante ou em casa, antes da sobremesa, há sempre um pequeno prato ou um frasquinho transparente com pauzinhos afiados - os palitos!! E que alegria vê-los chegar à mesa... todos (e não só os homens) ficam aliviados com a sua presença, pois sempre é mais higiénico usá-lo do que levar a unha à boca e retirar do dente o resto de comida que teima em não desaparecer. Poucos serão, ainda, aqueles que procurarão um WC para usar o fio dental, tal como o fez a Pretty Woman Julia Roberts.


Mas o palito não se remete apenas a um instrumento de limpeza bucal, método já ancestral, mas também a um elemento decorativo. Numa tasca ou piquenique, num lanche entre amigos chez nous, o palito ergue-se, qual foguete num arraial minhoto, num pica-pau, numas pataniscas, num prato com moelas ou mesmo com presunto e melão, numa tâmara com bacon, numa fancesinha com uma azeitona em cima, com orgulho e satisfação. Todos o querem! Qual Popeye apaixonado pela sua Olívia Palito.

O palito também dá nome a outros produtos alimentares, doces e salgados, como a batata aos palitos, palitos de queijo parmesão, palitos de chocolate, palitos la reine e palitos salgados como aperitivos.  Como sabem, qualquer dona(o) de casa não dispensa o popular palito para ver se o bolo está cozido. É caso para dizer: quem tem um palito à mão, tem sempre uma solução.

Numa época em que se deve primar pela diferença e criatividade no negócio da restauração, mantendo, no entanto, os sabores tradicionais dos alimentos, o palito poderia ser mais atractivo, com outras cores, de acordo com as estações do ano. No Verão, de cor verde limão; no Outono, vestido de  castanho cajou; no Inverno, mais quente, logo, de cor cereja ou figo; e na Primavera, de laranja. Seja como for, independentemente da utilização que lhe queiramos dar, de qualquer modo ou feitio, pequeno (o palito chinês é maior, notem), geralmente de madeira, de cor bege, mais ou menos afiado, nas duas pontas ou apenas numa, é com certeza um palito português.

A. Corunha

2 comentários

Comentar post