Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

05
Mai09

Parem de conspurcar a imagem de alimentos de bem

JP

Irrita-me esta tendência de alguns sectores da sociedade para destruir a imagem pública de certos produtos. Nesta era da informação, criam-se monstros e põe-se em causa a idoneidade de alimentos de bem com uma facilidade assustadora. Anos e anos de marketing não serão suficientes para devolver às vítimas a dignidade perdida.
Atente-se no croissant. Alguém lançou a ideia de que um pobre e fofinho croissant reunia em si toda a maldade de, pelo menos, cinco assustadores pães. Hoje, o croissant é desejado mas olhado com desconfiança. Milhões de pessoas vêem os croissants nas montras das pastelarias como monstros insensíveis, capazes das inenarráveis atrocidades. No meu entender, o croissant e o homem comum do Afeganistão, de barbas negras e longas, são talvez as maiores vítimas actuais do preconceito e da intolerância.
Ainda ontem abri uma caixinha, que me foi oferecida por um familiar, com três croissants. Ao abrir, fiquei sem respiração e dei um salto para trás, largando a caixa (lembram-se da cena no "Seven", quando o Morgan Freeman abre a caixa onde está a cabeça da mulher do Brad Pitt?).

A cerveja é já um clássico da desinformação e do enxovalhamento público. A cerveja foi julgada sumariamente e condenada sem provas e, ainda hoje, continua a ser olhada como criminosa. O problema da cerveja é estar no local certo à hora errada. No local do crime, todos reparam nas garrafas vazias e apontam o dedo à cerveja, esquecendo-se que há indícios claros da presença de fritos, molhos e salgados. Qualquer barriga de homem  inchada é imediatamente considerada mais uma vítima inocente da cerveja. E ninguém se dá ao trabalho de investigar.

Por isso, é urgente sensibilizar os cidadãos para a ameaça destas campanhas negras. Não sabemos qual será a próxima vitima. Um dia espezinham a imagem pública dos porcos, envolvendo-os em casos de pedofilia, e as consequências serão devastadoras.

3 comentários

Comentar post