Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

31
Out17

O vinho no estudo da narrativa

JP

Os chispes estudam isto há anos: os cheiros, a luz, os copos, o ambiente... a narrativa. A narrativa. Senhores e senhoras, é a narrativa que torna a coisa memorável. Que o diga o Miranda, do Miranda- Sabores do Barroso, que tem de nos aturar até de madrugada. Aquela casa já assistiu a todos os géneros de narrativa: lírico, épico e dramático. Com tantas histórias, o Miranda poderá já ser considerado uma das referências da narratologia, ao nível de um Barthes, Umberto Eco ou dos formalistas russos. 
Todorov dizia que a narrativa é vida, o Miranda dirá que a narrativa vem do vinho. Pois é, se o Miranda tivesse mau vinho, acabavam-se as longas epopeias e ficava uma casa sossegada com pequenos contos. São opções.

 

É com o cérebro que comemos

30
Out17

Eu é que sei onde estão as melhores lapas grelhadas

JP

A internet está a ficar entupida de gente parva que acha que sabe onde é que se comem as melhores lapas grelhadas do mundo. Foi naquele restaurante. Serviço incrível. Tudo óptimo. A repetir.

Isso é estúpido, porque nós é que sabemos onde se comem melhores lapas grelhadas do mundo. No JJ, em Vila da Praia na Graciosa, e só agora é que estamos a partilhar na internet.

lapas02.jpg

Sabemos, porque cumprimos escrupulosamente o método científico. Foram quase 20 anos de estudo e testes para validar este resultado. 

Tudo começou há 18 anos na ilha do Faial, quando um grupo de investigadores verificou que comendo lapas grelhadas em dois locais diferentes, elas eram deliciosas. O grupo colocou a hipótese de pelo facto de serem lapas e serem grelhadas, serem obrigatoriamente saborosas. 

A teoria aguentou-se até hoje, porque efectivamente o grupo nunca encontrou nos Açores lapas grelhadas que não fossem bastante aceitáveis. Contudo, a investigação acabou por seguir noutro sentido, quando misteriosamente alguns elementos do grupo de estudo apresentaram alterações comportamentais.

Na presença de algumas lapas grelhadas, os indivíduos tornavam-se mais ansiosos, agressivos e desleais. Pediam sistematicamente mais pão e a serviam-se despudoradamente de lapas. Na altura, foi colocada a hipótese de alguns dos participantes apresentarem os primeiros sintomas de alzheimer, pela forma como não conseguiam contar as lapas que tinham comido, não serem capazes de manter uma conversa durante a refeição, esquecerem-se que tinham lapas no prato e mesmo assim tirarem mais da travessa.

Para despistar estes resultados, o grupo foi colocado num restaurante a comer ameijoas da caldeira de Santo Cristo e, de forma surpreendente, o que deixou os investigadores estarrecidos, os participantes revelaram as mesmas alterações comportamentais. Parecia óbvio que todos sofriam de alzheimer.

O que intrigava os investigadores é que se o grupo não fosse exposto a lapas, a ameijoas com molhinho ou a camarão ao alho, nenhum dos participantes apresentava sinais de demência.

A conclusão era óbvia: quanto mais deliciosas são as lapas grelhadas, mais "filhadaputice" teremos à mesa. Restava, pois, aos investigadores observar e medir os niveis de sacanice e a quantidade de pão consumida, para conseguir identificar as melhores lapas grelhadas.

Alguns ainda contestam estes resultados e afirmam que as lapas grelhadas podem provocar demência temporária. Independentemente desta polémica, o certo é que este estudo permitiu encontrar as melhores lapas grelhadas do mundo: JJ, em Vila da Praia na Graciosa. Já tinha escrito isto? Há quem afirme que recordar as lapas grelhadas do JJ,em Vila da Praia na Graciosa, provoca alguns sintomas de demência passageira.

 

 

26
Out17

O vinho não é um extra

JP

Para muitos filhos da mãe da restauração, o vinho ainda é considerado um pack extra. Tipo um volante em pele, o alarme ou o ajuste lombar. Mas pensem lá comigo e digam-me se há algum modelo base de um carro que não inclua rodas, seus trengos. Porque o vinho é isso mesmo, faz parte da refeição, não é um luxo ou uma mera opção que possamos deixar de fora sem perder nada na experiência.

O vinho é um extra é no Peinador, em Vigo.

Se não fosse por muito mais, já tinha um bom motivo para adorar o Caneiro. Ora cá está um espaço onde se sabe assumir os vinhos e onde se percebeu que uma refeição não inclui só o que se trinca. E também têm excelentes sopas.

A imoralidade do preço do vinho na restauração

25
Out17

A Enigma do Sócrates

JP

Deviam condecorar o matemático que conseguiu decifrar os códigos do nosso Sócrates. Pedir garrafas de vinho num envelope é de GÉNIO. Nem a Enigma, utilizada pelos nazis, era tão complexa. 

E ficamos a saber que anda por aí uma espécie de Alan Turing português e que trabalha na PJ.


http://visao.sapo.pt/actualidade/portugal/2015-11-16-Os-codigos-de-Socrates-garrafas-de-vinho-em-envelopes-e-uma-mae-depenadinha--

 

enigma.jpg

 

24
Out17

Que estranha forma de vida, Ronaldo

JP

O Ronaldo não é propriamente um herói para os Chispes. Trabalho, empenho, corpo de Adónis, alimentação equilibrada, resistência aos vícios, disciplina, mulheres excessivamente caras e respeito pelos valores familiares é uma ofensa ao nosso modo de vida.

A barriga do Maradona, as bochechas do Maniche, a cabeça do Futre, a vida do Cantona, as noitadas do Ronaldinho ou o fígado do Gascoigne dão-nos esperança que o Ronaldo ainda se venha a endireitar. Trata de ganhar mais 3 ou 4 bolas de ouro e deixa-te lá dessa vida, rapaz!

Ronaldo.jpg

Foto tirada daqui.

18
Out17

Couves com feijões

JP

Couves com feijões é uma das nossas maiores preciosidades. Se ainda não o sabias, é altura de te indignares com o nosso sistema de ensino e os teus encarregados de educação. Temos pena!

Restaurante Adelaide

Aproveita e aprende enquanto nos apetece ensinar.

Isto não encontras no Ikea, numa Francesinhas house nem nesses feirantes da restauração nacional.

couves.jpg

 

17
Out17

Um eucalipto enfiado no cu

JP

O eucalipto é realmente uma praga. Tomou conta da floresta e já invadiu as nossas churrasqueiras, mesas, frigoríficos e armários. A celulose é utilizada para produzir os invólucros das salsichas, dar consistência e volume a queijos / iogurtes (reduzindo gorduras), criar pão branco com mais fibras ou dar textura aos gelados.

E até já se enfiou no cu de muita gente: as cápsulas dos supositórios.
A lenha é óptima para churrascos: não altera o sabor dos alimentos e não suja tanto as calçadas lá de casa.

 

 

16
Out17

Paixão pelo fogo

JP

A Bairrada, as churrasqueiras, os espetos ou o peixe na brasa não deixam dúvidas de que somos um povo apaixonado pelo fogo. Mas não é para meter tudo no assador.
400 mil anos depois de termos aprendido a controlar o fogo, os portugueses dão sinais claros de estarem a desaprender tudo.

incêndio.jpg

Fotografia de Braga, 15 de Outubro de 2017, da autoria de Daniel Camacho

14
Out17

Orgia sem ementa

JP

Não é assim que se credibilizam as orgias. 18 mil € por férias de sexo, álcool e droga. Tudo incluído. E nem uma única imagem da garrafeira e da ementa. Nem o nome do chef. 
Não obrigado! Uma péssima organização. 

 

 

14
Out17

Chiribingos

JP

Dica saudável: chiribingos. Originários dos Andes, baixa o colesterol, queima gordura, aumenta a líbido e é antioxidante. Bom para o coração, diminui o risco de tendências neoliberais e baixa a propensão para a corrupção activa. Pode ser consumido em chá ou como supositório.

 

chiribingo.jpg

 

Pág. 1/2