Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

Chispes e Couratos

Neste espaço não se discriminam gostos, fetiches, taras, manias, desvarios ou inclinações gastronómicas. Só não toleramos seguidores fanáticos do tripadvisor.

09
Fev09

O pior pesadelo de um Chispesiano

Marco

Esta história da crise afecta tudo e todos! Um indivíduo até pode pensar que só chega aos outros mas mais tarde ou mais cedo ela chega como um rato a esgueirar-se por entre as frinchas de uma parede rachada e entra pela nossa casa dentro!

Certo que à actividade comedorística só chega a crise quando nós deixarmos, o mesmo não se pode dizer de cada um de nós e neste caso o desgraçado fui mesmo eu. Fui assolado pelo pior pesadelo que um confrade de primeira estirpe pode ter… problemas nos dentes!

Este sábado que passou, levantamo-nos todos cedo, metemo-nos no melhor carro que podia transportar o homem e lá rumamos em direcção a Celorico de Basto mais propriamente para Barrega com o objectivo de visitar a Quinta da Fontinha onde fomos muito bem recebidos. Depois da matraquilhada do costume onde mais uma vez a equipa habitual se sagrou campeã intergaláctica, demos lugar às entradinhas que faziam adivinhar um repasto generoso. Chouriça com grelos, Feijoada, polvo, presunto, chouriço, estava tudo de maravilha e serviu para amansar o espírito e abrir o apetite para o fantástico bacalhau, a posta excelente, tudo isto acompanhado com umas batatas a murro deliciosas… fantásticas mesmo! No final, e porque tínhamos ido em missão de trabalho, mandou-se vir umas perninhas de polvo para encerrar o repasto sempre regado com o verde da casa que escorregava demasiado bem. As gulodices variaram entre Bolo de Bolacha, Mexidos, Molotov ou Romeu e Julieta!

Se para alguns foi uma refeição em pleno, confesso que para mim e devido ao meu handicap, tive que optar pelo bacalhau por ser melhor “mastigável”, sendo que não me escusei a provar um pedaço da bela carne que foi servida. Dei comigo a pensar que para quem gosta de comer, os dentes são uma ferramenta essencial… e como ando a fazer algumas correcções à cremalheira prevejo tempos difíceis e de grande crise… temos todos que aguentar!

É como vos digo… a crise toca a todos!

1 comentário

Comentar post